Esterilização de materiais: manicure, entenda a sua importância e a maneira de fazê-la

Publicado em 28/08/2012 - por Joice Delgado
Seja qual for o procedimento, a atenção com a higiene e proteção da integridade de clientes e profissionais deve ser redobrada. Quando o assunto é manicure, este quesito torna-se ainda mais importante, uma vez que seus utensílios podem transmitir desde micoses até HIV e hepatite. Para excluir qualquer tipo de contágio, a melhor solução é a esterilização.

Maira Gandolpho, biomédica e responsável técnica na empresa Odontécnica (SP), diz que a esterilização é o procedimento onde todas as formas de vida microbiana são destruídas. Nele é possível acabar com bactérias, vírus e fungos que possam apresentar algum risco, desde os mais inofensivos até os resistentes. 

De acordo com a especialista, o método mais utilizado e recomendado é a esterilização pelo calor seco feito através das estufas. “Esse tipo de esterilização causa a destruição dos microrganismos fundamentalmente por um processo chamado oxidação, que promove a desidratação progressiva do núcleo das células, acarretando em sua eliminação”, explica Maira.

Contudo, ele não é o único, outra opção é escaldar os aparelhos com o auxílio da autoclave. Diferentes das estufas, ela consegue trabalhar com materiais sensíveis à alta temperatura. Enquanto nas estufas devemos colocar apenas materiais fabricados inteiramente de aço, nesta podemos incluir aqueles que possuem partes ou sejam inteiramente feitos de plástico e borracha. 

Já materiais que não podem ser esterilizados como recipientes de plástico, lixas e palitos devem ser descartados após a utilização, pois também podem proliferar doenças. Mesmo que aparente ser exagero, todo tipo de cuidado é essencial para preservar a saúde da cliente e da profissional, assim como garantir a excelência do serviço prestado. 

 
 
 
 
 
 
Ikesaki - A hiperloja do profissional de beleza.

www.ikesaki.com.br
Ikesaki - A hiperloja do profissional de beleza - Copyright © 2011

GetYou - Unindo marcas e pessoas