Saiba como ter mechas coloridas e saudáveis

Chandelly ikesaki - 21.07.2016 15:55, Cabelo, Destaques, Tendências

Moda em 2013, os conhecidos cabelos com pontas coloridas, apelidados de Dip Dye hair, voltam aos holofotes em 2016. Atualmente adotado por pop stars como as cantoras Gwen Stefani e Iggy Azalea, no Brasil a tendência apareceu nos cabelos da personagem da atriz Chandelly Braz, a Carmela da novela Haja Coração, que usa a técnica nos fios no tom vermelho. Falamos com os gêmeos Maurício Martins e Roberto Martins, do Salão dos Gêmeos, que nos deram dicas valiosas para você aderir à moda sem danificar as madeixas.

O Dip Dye é como uma coloração em degradê. As mechas são mais localizadas, com uma variedade maior de tons, diferentes das luzes. Para quem é prática e não tem tanto tempo para cuidar da manutenção pode investir em mechas suaves, apenas um tom abaixo do natural. Se a ideia é mudar, mechas bege claro, mais contrastantes, criarão um resultado elegante. Além de levar em conta as tendências , a diversidade de cores oferecidas pelo mercado e a personalidade da cliente, o cabeleireiro tem que considerar algumas regras na hora de escolher a nuance:

Loira de pele clara: cores acinzentadas ou prateadas.

Loira de pele dourada: cor mel, marrom ou dourada.

Morena de pele clara: cor castanha escura, preta, loura acinzentada ou vermelha acaju.

Morena de pele dourada: tonalidades douradas, vermelhas alaranjadas ou louras acobreadas.

As mais jovens: no caso das mulheres mais jovens, o visual ganha ares pop, com a adesão do rosa, lilás, azul e até várias cores juntas. Mas, antes de tudo, bom senso é importante. Ninguém vai querer chamar a atenção de forma errada.

Agora é seguir as dicas de forma correta e arrasar!

Por Redação
Fotos Divulgação

compartilhar:

ikesaki

492 publicações

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Conteúdo Relacionado