Saiba como evitar os cincos erros de beleza no inverno

Frio ikesaki - 27.07.2016 11:31, Dermo, Destaques, Tendências

Estação mais seca, com ventos e maior concentração de poluentes, o inverno favorece o ressecamento da pele, que deve ser hidratada e protegida diariamente. Especialista explica rotina de cuidados com a pele no inverno e o que fazer para evitar desidratação. Confira erros comuns no inverno que devem ser evitados:

Não passar protetor solar — “Apesar dos índices de radiação UVB chegarem com menor incidência à Terra, nós temos ainda a presença do UVA, que continua com igual intensidade, além disso, temos a luz visível e o infravermelho, que está presente no mormaço e calor e, também, quando estamos em ambientes muito quentes”, diz Silvana Masiero, farmacêutica. As radiações provocam danos que comprometem a estrutura de sustentação da pele e propicia o aparecimento de rugas e flacidez. “A orientação continua é reaplicar o protetor de quatro em quatro horas em ambientes fechados e de duas em duas horas em exposição direta”, explica a farmacêutica.

Não hidratar a pele — Hidratação não pode ser deixada de lado em nenhuma estação do ano. “A falta de umidade e o vento frio comprometem a função de barreira da pele. Por esse motivo, após a limpeza e tonificação, séruns ou cremes com ácido hialurônico vetorizado ao silício são indicados. Além de função antienvelhecimento, esse ingrediente hidrata profundamente de maneira imediata e prolongada”, explica Silvana.

Não usar cremes reparadores — Além da hidratação, produtos que promovam reparação celular são essenciais. É indicado o uso de cremes noturnos com funções antioxidantes e de reparação, segundo a farmacêutica.

Tomar banhos longos e quentes — Durante esta estação é indispensável aumentar a hidratação da pele, evitar banhos muito demorados com água quente e evitar usar bucha. “A água quente remove a camada protetora da pele, podendo desidratar e com isso provocar dermatites no couro cabeludo”, explica.

Abusar dos ácidos e retinóides — O inverno é a melhor época para usar retinóides e ácidos, entre outros produtos de tratamento. “Mas abusar desses produtos pode ser perigoso. Se usados sem orientação médica e com persistência, podem causar vermelhidão, irritação e desidratação. Por isso, ao usar um ácido, é fundamental limpar e hidratar a pele no dia seguinte com consequente uso de protetor solar”, finaliza.

Por Redação
Foto Divulgação

compartilhar:

ikesaki

492 publicações

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Conteúdo Relacionado